Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Maio 20 2010

É triste o acabar da relação,

Que já nasceu de forma desigual.

O meu amor por ti foi carnaval,

Que dura só três dias de ilusão.

 

E tu, mulher, devota em doação,

Da grande dor vestindo o avental,

Caíste do teu sonho no real

E em lágrimas meteste o coração.

 

Bebi teu fel no pranto de amargura

Com a alma pintada noite escura

E quis fugir dali, fugir de nós.

 

Durante toda a vida, arrependido,

Nunca mais esqueci o amor perdido,

Tendo por companhia dor atroz.

 

(in:”E Depois do Amanhã?”)

 

Tito Olívio

Postado por Liliana Josué

 

publicado por cantaresdoespirito às 23:32

Maio 20 2010

(Á poetisa Glória Marreiros)

 

Não vivo do passado, da saudade,

Como filme que corre para trás,

E o gosto de viver é que me faz

Desfrutar do sabor da minha idade.

 

Concentro no presente esta vontade

De inda poder mostrar que sou capaz

De cavalgar no tempo útil, fugaz,

Como veleiro ao vento, em liberdade.

 

O presente e o futuro são a meta.

Sou feliz por amar e ser poeta

E em prata do luar ter a raiz.

 

E depois do amanhã? pouco me rala.

Enquanto cá andar, ninguém me cala

E contas presto a Deus, que é o juiz.

 

(in:”E Depois do Amanhã?”)

 

Tito Olívio

Postado por Liliana Josué

 

publicado por cantaresdoespirito às 23:30

Maio 20 2010

E depois do amanhã, que se aproxima

em laudes que transmitem minhas rezas,

talvez que eu veja estrelas sempre acesas

na extrema-unção do brilho que me anima…

 

E seja um campo santo, noutro clima,

onde as palavras se oiçam, sempre ilesas,

e com sons que tilintam sobre as mesas,

que citam o sabor da minha rima.

 

Há sinais de esperança no futuro

do meu sonho, que aspira por ser puro

nas cores dum matiz que esmoreceu…

 

Há-de fazer-se luz na minha treva

e o céu dirá ao sol para que escreva

que, depois do amanhã, existo Eu!

 

(in:”E Depois do Amanhã?”)

 

Glória Marreiros

Postado por Liliana Josué

 

publicado por cantaresdoespirito às 23:27

Maio 20 2010

Existem primaveras com mil flores

e verões feitos de oiro e calmaria,

Outonos onde a fruta é uma orgia

a dar ao nosso Inverno outros sabores.

 

Existem as manhãs plenas de cores,

que atingem o seu rubro ao meio-dia

e tardes de novenas e magia,

com noites de luar e de louvores.

 

Existem paixões plenas de carinho

na ânsia de encontrarem o caminho

das terras que lhes foram prometidas.

 

Existem, sem se ver, tantas visões,

que pulsam, sem parar, nos corações

dos sonhos que alimentam nossas vidas.

 

(in:”E Depois do Amanhã?”)

 

Glória Marreiros

Publicado por Liliana Josué

 

 

 

 

 

publicado por cantaresdoespirito às 23:21

Maio 20 2010

(Madalena Gomes – In Memoriam)

 

Foram mais de vinte anos, uma vida!

Que juntos trabalhámos, lado a lado.

Na missão que nos era atribuída

Quantas vezes, tão mal esclarecida

Que queria esforço reforçado.

 

Se acaso nos calhava abrandamento

Da missão que nem sempre era penosa,

Por gosto e dom, o nosso passatempo

Era o sonho e, também, qualquer evento

Como balão abrindo em bela rosa.

 

As revisões de textos, pareceres

Em alternância davam formosura

Co’as formas de eu dizer e tu dizeres

Que, talvez, fossem simples prazeres

Pra mais estimular nossa cultura.

 

Recordações que ficam, Madalena!

Das quais se apoderou a saudade

Misturando alegria com a pena.

Agora que partiste em paz amena

Pró Reino da Suprema F’licidade.

 

E sendo, desse Reino, cidadã,

Envolta de Alva Luz, em Graça Plena,

Pede a Deus, como Santa e Boa Irmã

Que a sina não me seja dura e vã

Mas esse Bem Maior d’alma serena.

 

Palácio Galveias, 18 Abril 2010

 

Gabriel Gonçalves

Postado por Liliana Josué

 

publicado por cantaresdoespirito às 23:14

Maio 20 2010

(TEMÁTICO)

 

MOTE

 

Eu não sou eu nem sou o outro

Sou qualquer coisa de intermédio

Pilar de ponte de tédio

Que vai de mim pata o Outro.

 

GLOSA

 

Quem sou? Não quero saber.

Não procuro nem me afoito,

Sei que vivo por viver,

Eu não sou eu nem sou o outro.

 

Sou só um ser passageiro

Sem ter cura, nem remédio,

Nem último, nem primeiro,

Sou qualquer coisa de intermédio.

 

De viver já estou cansado,

E a morte já faz assédio

Se existo, triste é meu fado,

Pilar de ponte de tédio.

 

Em redor no horizonte,

Procuro mas não encontro,

P’ra estabelecer a ponte

Que vai de mim para o Outro.

 

António Boavida Pinheiro

Postado por Liliana Josué

 

 

publicado por cantaresdoespirito às 19:25

Maio 20 2010

ALCOCHETE – PRINCESA DO TEJO

Veja e ouça aqui o poema declamado:

http://www.euclidescavaco.com/Recitas/Princesa_do_Tejo/index.htm

 

Numa singela homenagem a ALCOCHETE

integrada na Celebração do Aniversário 2010 da CASA DA MALTA

no DIA DA CULTURA

 

 Este Sábado 

dia 22 de Maio, pelas 15:30

 

PROGRAMA

Após  a Inauguração duma Exposição de Pintura, 

Apontamento de Fado e

Recital de Poesia

Haverá a apresentação do último livro editado de

Euclides Cavaco

na GALERIA MUNICIPAL de ALCOCHETE.

 

Aqui fica a participação e CONVITE

para quem nos puder dar o prazer da sua presença.

Euclides Cavaco
ecosdapoesia@netcabo.pt
 
Venha tomar comigo um cálice de poesia...
Entre por aqui na minha sala de visitas:
www.ecosdapoesia.com
 
publicado por appoetas às 18:01

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
15

18
19
21

25
27
29

31


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO